quarta-feira, 10 de setembro de 2008

O chá.


_ Boa noite, senhorita.
_ O que faz aqui?
_ Você sabe me dizer que horas são?
_ Onze, meia noite... o que quer??
_ Sabe, acho que eles não vão voltar...
_ Eles voltam...
_ Nossos pais estão mortos...
_ Meu Deus, oque esta dizendo?
_ Deus não existe...e nada do que você crê é real...
_ Não entendo...
_ Estão te enganando, mas cabe a mim te ensinar certas coisas...
_ me deixe em paz...
_ Será que não percebe, tudo isso está errado, estão mentido para você...Os loucos não são loucos, apenas dizem coisas que ferem essa sociedade...
_ Vá embora...
_ Fique tranquila não vou te machucar...aceita beber uma xícara de chá?

6 comentários:

Jefferson disse...

gosto de chá mais prefiro o choconhaque que só vc sabe fazer...
gostei, sabe gosto de coisas que vão do nada à lugar nenhum...
pra variar vc é sensacional!!!

não desistirei jamais...

beijus

Greta Poltronieri disse...

não vem do nada...vem de algum lugar...vem de dentro de mim...
se me conhecesse de verdade saberia..

Thiago Almeida disse...

Nossa! Perfeito!!!
ADOREI!

Usou algo tão tradicional da cultura inglesa (O chá). Algo de um povo tão conservador e inóspito. Daí, você vomita (no bom sentido, se é que tem um bom sentido neste ato...rs) verdade sobre comportamentos e crenças! Você tira e devolve a mentira para alguém através de uma singelo simbolismo, o chá.

AMEI!

Greta Poltronieri disse...

rsrsrs
Captou a mensagem...

Airton disse...

manero o seu blog...

passa nu meu blog tbm...

tem publicidade cinema e cronicas

Honestino Afonso Xavier disse...

bom dia..

interessante blogger

quando der visite o meu

deixe recados

abraços