domingo, 18 de janeiro de 2009

Eu Recomendo!!!

“Gota D‘Água – Uma Tragédia Brasileira”
Chico Buarque e Paulo Pontes

“Deixa em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção
_ faça não
Pode ser a gota d‘água”


Peça teatral escrita em 1975 e publicada em livro no mesmo ano.
Os autores se inspiraram na adaptação feita por Oduvaldo Vianna Filho da tragédia de Eurípides, Medeia, para a televisão.
Joana, Jasão e seus dois filhos vivem no conjunto habitacional Vila do Meio Dia, e assim como seus vizinhos pagam com dificuldade as pesadas parcelas do apartamento á Creonte, o dono dos prédios.
Contudo, Jasão que aspira ser um cantor de sucesso, passa a ser empresariado por Creonte e viver um romance com sua filha Alma, abandonando a família.
Joana acaba por ser expulsa da Vila e para vingar-se (ou não) do ex-marido mata os filhos e suicida-se.
Não fica completamente claro se o ato de Joana é um ato desesperado, cuja intenção é poupar os filhos do sofrimento da fome, ou é de fato vingança como ocorre no caso da tragédia grega.
E talvez seja justamente a dualidade presente nos intensos sentimentos de Joana que torne esta trama tão humana, tão próxima das nossas virtudes e misérias.
A peça possui uma linguagem atual e aborda com dignidade os temas ligados á desigualdade social, aos problemas de moradia e o caráter exploratório do capitalismo.

P.S.: Um livro com poucas páginas, dá pra ler em um dia.
Você viaja de trem até a Luz: pronto!
Já leu a metade!
Na volta, lê a metade que resta.
Rápido, fácil e indolor!

3 comentários:

Thiago Almeida disse...

...empresta?

[camille paixão|mile] disse...

hummm...valeu a dica.

professoraaa, não se preocupe com meu nome...hauahuhauha...normal.

Gosto dessa sinceridade de seus textos.

obrigadaaa!
bjO=]

Bala Salgada disse...

Seria difícil de achar aqui no Japão, mas fiquei na vontade.
Gosto muito de personagens cheios de virtudes.

Mudei as cores, que bom que gostou!