terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Ao inquilino de Jonas.

Se você decidiu que vai morar mesmo com Jonas na boca da baleia, eu espero que tenha um espaço pra mim.
De qualquer forma há algum tempo tenho enxergado há vida através de um periscópio de lentes mal focadas.
Espero que compreenda, meu caro.
Cada um tem os seus motivos.
Dos meus eu nem sei mais ao certo.
Talvez eu não consiga mais ter estímulos para entender tudo isso.
As relações vazias...essa "pseudo-felicidade" patética e sem razão.
Como quando tomamos uma imensa taça de sorvete e a nossa boca fica anestesiada, mas continuamos a comer sem saber o porquê.
Parecemos satisfeitos mas no fundo não temos muita certeza se era isso mesmo.
Se meus amigos lerem isso vão rir.
Como já disseram em outras ocasiões: "Ela tá pirando!"
Mas sei lá, nem sei se já fui tão sincera um dia.
Tudo me leva crer que a sinceridade é um tapa na cara de quem vive se escondendo.
As pessoas não gostam muito de pensar que existe alguma coisa por de trás da maquiagem.
Aliás as pessoas nem gostam de pensar em coisa alguma.Porque isso faz seus crânios ficarem inchados.
Quando alguém me aconselha a deixar de ser radical, e se isso é ser radical...cara, então eu só posso pensar que estou condenada viver uma mentira.
Essas discussões não tem tanta importância.
Portanto, me desculpem por ter sido tão ausente.
Eu os amo...mas não vejo mais as suas almas.
O que está acontecendo?
Talvez amanhã eu me preocupe com aquele relacionamento que esta em crise ou aquele outro que acabou.
Aquela velha questão da moradia ou os problemas com a lei seca.
Sinto que estão todos tão perdidos quanto eu.
Não sei explicar se isso é infelicidade.
Não há de ser.
Infelicidade é este circo todo que estão fazendo questão de viver.
Porra, é desse modo que pretendem gastar suas vidas.
È deste modo que querem que eu gaste a minha vida.
Eu queria tanto...tanto ... que conseguissem me ver com o coração.
E ver a minha alma ... entender minhas unhas roídas.
Mas eu acho que isso não os preocupa, e sim se eu estarei lá com aquela blusa estampada e animo para debater longamente sobre os assuntos que estão em pauta desde os nossos primeiros goles juntos.
Bem, Meu Caro, e eu não desejo prolongar este assunto ainda mais, apenas espero que Jonas seja para mim , tão bom companheiro quanto é para você.
Não desejo recepção alguma, não se preocupe com isso, mesmo porque eu ainda não estou certa de minha decisão. Assim como não estou certa de absolutamente nada.

4 comentários:

Thiago Almeida disse...

Já dizia o filósofo Heráclito de Éfeso, antes mesmo de cristo existir "Tudo flui, nada persiste, nada permanece o mesmo".

Amarrado ao seu (belo e auto-biográfico) texto, percebo que, a grande certeza que temos, é saber que o incerto existe.

Até mais, querida!
Se cuida!!!

Greta Poltronieri disse...

Belo comentário.

David Funk disse...

Hi Greta!

Thiago's reply was nice, and good point to this.

A popular athlete here in the USA had a saying: "Tomorrow is not promised to anyone".

I think that is about the only close to a guaranteed certainty is that we can be certain that we are not guaranteed to be here tomorrow.

You may have noticed the followers list that decreased. It shows I'm not following you any longer - at least publicly anyway. I'm still following you anonymously because of Blogger integrating Google Friend Connect which I use. In other words, those using Friend Connect are following blogs anonymously until they are done with integrating it. I just thought you should know in case you didn't notice or didn't hear about it. Besides, I wouldn't stop following either of your blogs my friend.

Take care sweet friend!

David

Greta Poltronieri disse...

Oi David!
Mas uma vez agradeço pela sua visita.
Fico feliz que venha sempre, pois você é uma pessoa muito inteligente e interessante e seus comentários acrescentam muito ao blog.
Estou com dificuldade de acessar seu blog, pois a pagina não é exibida completamente.
Ainda não identifiquei o problema, não consigo abrir em nenhum computador.Espero pode visitar sua paginas e ler seus posts em breve.

Um grande abraço.
Greta